Partida! Quais documentos preciso providenciar?

passaporte

Offer (carta de aceite) em mãos, passagens compradas, visto concedido e muita ansiedade! Todo futuro intercambista que se preze é ansioso por natureza, e na hora da ansiedade alguma coisa pode ser esquecida e isso pode gerar alguns transtornos para nós futuros residentes da Austrália.

Pensando nisso, resolvi fazer um “check-list” dos documentos pré-embarque afinal, eu e mais uns 2.000 estamos embarcando para Austrália nessas próximas 2 semanas, nada como dar uma ajudinha ao pessoal né?! Então vamos à eles:

  • Passaporte Original
    Passaporte é um documento de identidade emitido por um governo nacional que atesta formalmente o portador como nacional de um Estado em particular, e, requisita permissão em nome do soberano ou do governo emissor para o detentor poder cruzar a fronteira de um país estrangeiro. Não é novidade que sem ele não se viaja, vale atenta-se também para a data de vencimento dele, lembre-se que o passaporte deve ter data superior ao seu retorno ao Brasil. No Brasil ele pode ser solicitado na Delegacia da Polícia Federal.
  • Cartão de Embarque
    Fornecido pela empresa aérea que você comprou suas passagens, lá encontram-se os “localizadores”, códigos que serão solicitados no momento do check-in para que sua reserva de viagem seja atendida, é aconselhável chegar pelo menos 3 horas de antecedência ao aeroporto, isso pode ajudar na resolução de diversas intercorrências caso ocorra. Atente-se sempre às franquias de bagagem e o que é permitido transportar. Ah! Alguns países como EUA e Austrália tem restrições quanto alimentos, sementes e diversos produtos, consulte a legislação em vigor junto às embaixadas do país de destino.
  • Carteira Internacional de Vacinação contra Febre Amarela
    Para a Austrália, o futuro residente deve ter tomado a vacina 10 dias antes do embarque e possuir a certificação internacional. Para maiores informações você pode consultar o site da ANVISA.
  • Voucher/Comprovante de Seguro Saúde Assistencial para Viagens Internacionais
    O Seguro Saúde é uma garantia tanto para você como para o país de destino que caso ocorra algum imprevisto, acidente ou outra causa que você estará coberto pelo sistema de saúde, seja particular ou público (Ex.: Portugal e Espanha). O seguro saúde pode ser contrato por uma seguradora de sua preferência, porém para Austrália o seguro é pago diretamente às Universidades, nada impede você de ter um seguro adicional.
  • Comprovante de Endereço na Austrália
    É imprescindível saber pelo menos o local para onde você irá ao chegar na Austrália, ou simplesmente vai chegar e ficar na rua? (risos). Geralmente ele é solicitado nos serviços de fronteiras, eu é que não quero ficar retido por não ter onde ir! O endereço de destino é repassado aos alunos pela empresa responsável pela HomeStay ou pela Acomodação (flat´s, studios, etc…).
  • CoE (Confirmação de Matrícula) – Confirmation of Enrolment do Study Abroad e do curso de Inglês 
    O “CoE” é emitido e enviado aos alunos assim que a confirmação de matrícula é concluída com sucesso, lá constam todos os dados referente aos estudos na Austrália, como início do curso, local de estudo, períodos, valores pagos, condições de aprovações e outras informações relevantes á você e à embaixada australiana para autorizar sua entrada e permanência no país.
  • Comprovante de Subsistência
    De acordo com a embaixada eles podem ser diversos, desde extratos bancários, extrato de cartão de créditos, cartas de patrocinadores, etc… No caso dos alunos do Ciência Sem Fronteiras, esse documento é emitido pela CAPES e lá constam todos os valores dos benefícios que receberemos durante nossa estadia lá, chegar na Austrália sem algo que comprove os meios que utilizaremos para nos manter é praticamente retorno garantido ao Brasil!
  • $$$ + Cartões de Crédito
    São fundamentais, o dinheiro vivo garantirá soluções emergenciais como táxi, alimentação e emergências, já o cartão de crédito que deve ser internacional e autorizado para tal servirão para saques e futuros pagamentos. O VTM (Visa Travel Money) é uma ótima saída para quem não tem cartão de crédito internacional e precisa dele, ele pode ser recarregado no Brasil e utilizado no exterior na função débito.
  • Cartão CAPES
    Ou “DimaCARD” para nós do Ciência Sem Fronteiras, com exceção aos 3 primeiros meses, será por ele que receberemos nossos próximos benefícios. Quem teve algum problema ou não recebeu pode solicitar por aqui.
  • Carteira de Motorista (opcional)
    Nunca se sabe quando vai precisar alugar um carro por lá né?! Lembrando que é necessário a autorização internacional para dirigir.
  • PROCURAÇÃO
    É um item importante para quem vai ficar por 1 ano e meio fora do Brasil, através da procuração uma pessoa eleita por você poderá responder por você legalmente em diversas instâncias, inclusive judicialmente.
  • Documentos Relacionados
    TOEFL ou IELTS, histórico escolar traduzido e juramentado, sistema de avaliação, receitas médicas (traduzidas e juramentadas),  endereço e fones da universidade e do Airport Pick UP.

Bom, agora é só providenciar tudo, fazer uma cópia e colocar em 2 pastas, leve os originais em mãos e se houver algum problema terá uma cópia na mala despachada.

Boa Sorte à todos que estão partindo essa semana!
Nos vemos na Austrália!

#PartiuAustrália

 

Anúncios

Fazendo as malas…

MalasPost ressuscitado do Partiu Porto, meu blog do primeiro intercâmbio, super propício para o momento! O que levar na bagagem? Andamos pesquisando e a agência de intercâmbio também nos ajudou, é claro, não é regra tudo que está na lista abaixo, as pessoas são diferentes inclusive nas suas excentricidades mas, acho que algumas dicas sempre ajudam e não faz mal a ninguém né? Vamos à elas:

Malas e Mochilas:
Sim! São elas que irão nos acompanhar durante toda a viagem portanto, a preparação deve ser cuidadosa e com antecedência (Eu vou fazer isso uns 5 dias antes, eu e minha mania de deixar tudo para última hora..). Devemos escolher roupas e utensílios que REALMENTE iremos precisar.

Mala de Mão: Volume máximo 10kg, com dimensões de 40cmx30x20cm.

  • Passaporte com visto de estudante
  • Passagem aérea com roteiro de embarque
  • Endereço e telefone do local de hospedagem ou do setor responsável pela mobilidade
  • Cartão telefônico
  • Caneta e Caderno com possíveis anotações
  • Lista de Telefones importantes
  • $$$$$$ (vivo, cheques ou cartões pré-pagos)
  • Máquina Fotográfica, laptop ou tablet e celular.
  • Cópias: Passagens, páginas importantes do passaporte (as com fotos, dados e vistos) e comprovantes possíveis recebidos nos check-in´s.
  • 1 peça de roupa: “ué, mas eu não estou levando na bagagem despachada?” R.: sim, meu amigo(a), mas e se??? E se a sua bagagem for extraviada (e uma possibilidade), pelo menos roupa reserva você terá.
  • 1 casaco para as mudanças bruscas de temperatura.
  • Uma dica minha aqui é: vou escanear todos os documentos, cartões e carteirinhas e enviar uma cópia ao meu próprio e-mail, em caso de perda ou roubo tudo fica mais fácil com a cópia dos mesmos.
  • Além de alguns ítens de uso pessoal: escova de dentes, DESODORANTE (essencial), etc..

Bagagem à ser despachada:

Geralmente em classe econômica o peso permitido é 32kg (em algumas, o permitido são 2 malas de 32kg cada) entretanto, isso deve ser verificado nos sites das companhia aérea. As dimensões (altura/lagura/comprimento) somadas não podem exceder 157cm. Ítens para levar:

  • Caixinha primeiros socorros: não é tão fácil assim comprar medicamentos, e para que você evite alguns problemas é sempre bom levar consigo uma caixinha com antiácidos, vitaminas (mudanças de clima e alterações na alimentação, baixa resistêncoa, remédios para dor de cabeça e no caso de medicamentos controlados, deve-se levar a receita médica consigo).
  • Relógio c/ despertador
  • Cartões postais do Brasil e outros materiais
  • Carregadores de celular e eletrônicos.
  • Mochila pequena para outras viagens.
  • Líquidos deverão ser colocados em “pacotes plásticos” para evitar vazamentos e estouros causados pela alteração na pressão atmosférica.
  • Muita bagagem atrapalha, então leve roupas leves, práticas e que poderão ser lavadas com facilidade.

SUGESTÃO DE ROUPAS:

  • No máximo umas 4 calças jeans.
  • 1 calça social
  • 2 conjuntos nylon/moleton para prática de esportes
  • 2 pijamas
  • 8 à 10 camisetas para o dia-a-dia
  • 3 camisetas tipo regata
  • 2 camisetas tipo polo
  • 1 conjunto para ocasiões especiais (blazer e camisa (ete) para possíveis apresentações de trabalhos em congressos.
  • 10 pares de meias, pelo menos 12 pares de roupa íntima.
  • 10 bermudas/shorts
  • 1 casaco
  • 2 blusas tipo moleton
  • 2 pares de tênis
  • 1 par de sapato social ou sandálias
  • 1 par de chinelos
  • Roupas de banho
  • 1 jogo de toalhas (rosto + corpo)
  • Óculos escuro, boné, chapeu.
  • Extra: dica das amigas Marcela e Larissa para as meninas: secador e chapinha (220v), Maquiagem e um Kit costura  que realmente pode ser bem útil quando não há uma mãe para fazer esses mimos extras..

HIGIENE PESSOAL

  • Escova + pasta de dente, escova/pente para cabelos
  • Sabonetes, cotonetes, shampoo + condicionador (prefiro o 2 em 1)
  • Desodorante, perfume, aparelho e loção de barbear
  • Gel ou creme para cabelos
  • Creme Hidratante, Protetor solar e cortador de unhas

É claro que não dá para levar ao pé da letra os ítens e quantidade acima porém, algumas coisas eu não tinha nem me tocado, e outra coisa, vou levar mesmo muita coisa, afinal não vou querer gastar meus dólares com escova, pasta de dente, barbeador, etc.. É preciso economizar né produção?!

Quanto às malas, sempre identificá-las com nome e telefone completo, até mesmo os tickets oferecidos pelas agências. Tenho certeza que essa lista ainda muda.. ah se muda!

Bom por enquanto é só.. tem mais alguma dica?  É só postar..

#PARTIUAustrália!

E o sonho [RE] começou…

explore-itineraries-three-great-days-melbourne

Bom, aqui no Porto é dia 08/06/2013, exatamente 14:59h, e depois de algum tempo relutando, aqui estou eu, escrevendo neste novo blog que servirá para contar minhas experiências em mais uma nova jornada: a AUSTRÁLIA!

Tudo começou há pelo menos 10 anos, basicamente em desde de 16 Janeiro/2003 quando eu havia comprado meu 1.º Cd do Hillsong United, e lá havia uma faixa interativa mostrando todo o trabalho que esse grupo fazia na Austrália e também mostrava bastante desse mesmo país.

Pronto, a partir daquele momento, comecei pesquisar muito sobre a Austrália e um novo sonho começava nascer, o de “intercambiar” para Austrália um dia, quem sabe? Sempre sonhei com aquilo, com o país, com o povo, com as praias, com os cangurus, com as riquezas naturais, com a Hillsong, e muito mais que aquele lugar tinha.

De um tempo pra cá esse sonhou acabou ficando esquecido, talvez porque comecei a fazer Medicina Veterinária, o que tomou tempo, e o foco muitas vezes acaba indo todo por aí, e no meu sonho em fazer mestrado entretanto, o intercâmbio nunca saiu da minha cabeça, e durante o 4.º ano, fui contemplado com uma bolsa de estudos para estudar em Porto-Portugal, vim pra cá e conheci a Europa, e como gostei muito de Portugal, foi aberto um edital do Ciência Sem Fronteiras e como eu queria prorrogar mais minha estadia aqui, acabei me inscrevendo.

Mas.. como nem tudo são flores, no meio do caminho, recebi um mail onde minha candidatura para Portugal não seria possível e em contrapartida  eu poderia escolher entre diversos países, um deles era o Reino Unido, optei por ele.. e minha bolsa começou a ser implementada.

E de novo como “tudo que é difícil é mais gostoso”,  novamente vem um mail que minha candidatura para o Reino Unido não seria possível, mas que para garantir o compromisso que o Governo Federal fez, que eu poderia opinar e escolher: ou melhorar o meu inglês e participar só em 2014  do intercâmbio no Reino Unido ou alterar minha candidatura IMEDIATAMENTE para onde?

R: AUSTRÁLIA!!!!!!!!!!!!

E aqui estou eu, escrevendo o primeiro texto deste blog, com muitas expectativas, muita tensão e a partir de hoje quero contar tudo por aqui.. é uma nova jornada, já estou há 4 meses no Porto-Portugal, creio que volte algumas semanas ao Brasil e embarco rumo ao 1.º e mais importante de todos os meus sonhos: MORAR NA AUSTRÁLIA!

Espero que tudo dê certo daqui pra frente e pra não perder o costume:

“Escolha uma nova história para sua vida e acredite nela..”

Então..

#PartiuAustrália!