Por que Melbourne pode arruinar sua vida!

Passeando pelos feeds na internet achei uma matéria sobre os motivos que levam Melbourne a arruinar sua vida, e não é que eles são todos verdadeiros?! Então, vamos à eles:

Porque alguns becos ou vielas sempre se parecem com isto…

Ou isso.

E são cheios de Cafés!

Que servem ESSE tipo de café!

E as estações não se parecem com nenhuma outra.

O mesmo vale para as bibliotecas!

Porque Melbourne é o sonho de todo esportista.

Tem o Cricket, que eu nunca consegui entender.

 

O Futebol…

Mas tem o Futebol Australiano, que eu também nunca consegui entender.

Que é “religião” por aqui.

Você pode se divertir.

Descobrir.

Aprender.

E nunca terá problema para encontrar um lugar pra namorar.

Um BOM lugar pra namorar e ver o dia indo embora.

É  impossível não morrer de amor por aqui.

E hoje, não há melhor lugar onde eu possa estar.

 

 

 

Melbourne está entre as “Top Cities” para estudantes.

Melbourne-Uni-students

Melbourne foi nomeada como o segundo destino no mundo para estudantes e está à frente de diversas cidades como Londres, Sydney e Paris, segundo o ranking da Quacquarelli Symonds (QS).

As classificações são baseadas de acordo com as universidades de cada cidade, qualidade de vida, perspectivas de emprego, comunidade estudantil e acessibilidade. Para se qualificar, uma cidade deve ter uma população de, pelo menos 250.000 habitantes e ser o lar de pelo menos duas instituições qualificadas pelo raking QS – Melbourne tem sete.

Classificada como cidade mais habitável do mundo por quatro anos consecutivos, Melbourne oferece muitas opções para manter os alunos entretidos durante os intervalos do estudo. Capital cultural da Austrália, a cidade abriga uma série de eventos emblemáticos anualmente e possui algumas das melhores cozinhas do mundo. A partir de sua famosa cultura do café e a vibrante cena de bares e clubs, prosperidade e indústria do varejo, museus e galerias de classe mundial, sem contar a variedade de locais destinados à música ao vivo e muito mais, fazem com que a a atmosfera da cidade seja constantemente viva e com muita abundância para os alunos a apreciar.

De acordo com a equipe da QS: “Os altos padrões de vida e o incrível cenário natural, Melbourne é uma cidade difícil de se bater.”

Melbourne foi premiada com a maior pontuação na categoria “mix de alunos”, que é calculada com base no tamanho relativo e diversidade da população estudantil da cidade, bem como os níveis de inclusão social e de tolerância.

Melbourne também marcou muito bem quanto à “atividade empregadora” e nas categorias “desejabilidade” que, respectivamente, está ligada ao ponto de vista dos empregadores e a qualidade geral de vida que a cidade oferece.

E tem como não amar Melbourne?!

Fonte: http://www.visitmelbourne.com

20 coisas para se fazer em Melbourne sem gastar $$$.

Sim! Melbourne é a cidade mais habitável do mundo por três vezes, é a capital mundial da cultura, é totalmente cultural e nem por isso é considerada uma cidade cara. Confira aqui 20 coisas que você pode fazer pela cidade sem desembolsar nada.

1.De Galeria em Galeria

National Gallery of Victoria

National Gallery of Victoria

São diversas as opções e muitas são as galerias de arte espalhadas pela cidade. A National Gallery of Victoria possui uma coleção impressionante, com grandes nomes como Drysdale, Rodin e Constable, entre as obras permanentes, outras itinerantes podem ser vistos de graça. No Ian Potter Centre, a coleção predominante é a australiana e inclui uma impressionante galeria no térreo de obras aborígenes.

Enquanto você estiver no Federation Square, aproveite para visitar ACMI (Centro Australiano para a Imagem em Movimento) e conheça a história interativa do cinema e da TV. Em seguida siga para o Australian Centre for Contemporany Art em Southbank – outra joia arquitetônica com um vasto calendário de exposições. Ainda não satisfeito? Há uma série de galerias privadas na delegacia Flinders Lane, com exposições menores de artistas locais e internacionais.

2. Becos

Hosier Lane

Hosier Lane

Já foi tema de post aqui no blog, mas vale à pena falar novamente. Tela para vários importantes artistas mundiais, os becos são a parte mais tradicional e imperdível da cidade. Cada beco é uma surpresa. Leia a matéria publicada aqui no blog e comece pela Hosier Lane (próxima à Federation Square) e desbrave todos os becos da cidade.

3. Free Bike
O governo da cidade de Melbourne lançou seu programa de bicicletas públicas o melbournebikeshare.com.auem 2010 (você verá os quiosques bicicleta azul espalhados pela cidade), que permite aos visitantes explorar a cidade amiga do ciclista. Os primeiros 30 minutos do aluguel é gratuito. Isso é apenas o tempo suficiente para percorrer de uma ponta da CDB para o outra. Talvez esses 30 minutos sejam apenas o “start” para que você desbrave outras áreas lindas da cidade como o Southbank e Yarra River.

Melbourne Bike Share

Melbourne Bike Share

Melbourne Yarra River and Southbank

Melbourne Yarra River and Southbank

4. Rooftops

 

Rooftop Bar

Rooftop Bar

Pra quem acha que a vida em Melbourne acontece apenas em solo, se enganou. A vida em Melbourne é muito ativa nos Rooftops (terraços) que abrigam diversos bares, mercados e as vistas mais maravilhosas da cidade.

5. Mercados

Queen Victoria Market

Queen Victoria Market

Melburnians adoram um bom mercado e a cidade é recheada deles. Em quase todo subúrbio é possível encontrar mercados que vendem produtos frescos locais, artesanatos, tesouros de segunda mão ou pratos gourmet de vendedores ambulantes em algum momento da semana. Os mais famosos são:  Queen Victoria Market,  Camberwell Market (sundaymarket.com.au), Rose Street Market (rosestmarket.com.au) em Fitzroy para absorver um pouco de criatividade Melbourne; Night Market no Victoria Market (qvm.com.au/night-market) e o Farmers Market em Abbotsford (slowfoodmelbourne.com.au ) para um pouco do gostinho rural na cidade.

6. Santa Kilda

St. Kilda Pier

St. Kilda Pier

Luna Park

Luna Park

É a praia mais famosa da cidade. Se o stress da cidade grande é demais para você, St Kilda é um excelente lugar para respirar ar puro e aproveitar o dia caminhando ao longo do passeio marítimo. As vistas são lindas e não só a praia, mas a arquitetura victoriana e diversas lojas podem ser apreciadas bairro à dentro, não se esqueça de dar uma passadinha no Luna Park.

7. Apreciar a cultura aborígene no Koorie Heritage Trust Cultural Centre.

Koorie Heritage Trust Cultural Centre

Koorie Heritage Trust Cultural Centre

Se você quer saber um pouco mais da história da Austrália antes da colonização inglesa, o Koorie Heritage Trust Cultural Centre é o local para conhecer os guardiões tradicionais, as pessoas Wurundjeri, e aprender algumas coisas sobre a história contemporânea Koorie e cultura. Além disso, obras de arte aborígene permanentes são expostas no local. O Melbourne Museum também tem suas exposições, entretanto é gratuito apenas para estudantes.

8. City Circle Tram

Circle Tram

Circle Tram

O tram em modelo rústico outra opção free para curtir a cidade num todo. Apenas pegue o City Circle e não se preocupe em pagar nada, você pode andar aos arredores da cidade, descer nos pontos turísticos e retornar ao passeio novamente. Sem pagar nada, é claro.

9. State Library of Victoria

State Library Victoria

State Library Victoria

Com mais de dois milhões de livros e a maior cúpula arquitetônica do estilo já feita no mundo, a Biblioteca Estatal de Victoria é um passeio à parte no coração de Melbourne. No centro da cidade e em frente à Melbourne Central Station, você pode desfrutar de todos os serviços como consutlas online, internet, computadores, acervos, etc.. como um cidadão local. Arquitetura? Confira, é imperdível.

10. Royal Botanic Gardens.

Royal Botanic Gardens

Royal Botanic Gardens

38 hectares de espaço verde e montanhoso, diversas plantas, árvores e riqueza de espécies tomam conta do Royal Botanic Gardens localizado aos pés do CBD de Melbourne. Apenas 15 minutos a pé da Federation Square, o jardim é um incrível lugar para passar o dia ou fazer um tradicional pic-nic australiano com os amigos ou família.

11. Igrejas

Catedral de St Patrick

Catedral de St Patrick

St. Paul, St. Patrick ou St. Michel, você não precisa ser religioso para apreciar as construções de algumas das grandes igrejas de Melbourne.

12. Arquitetura

Block Arcade

Block Arcade

Falando em arquitetura, o centro da cidade de Melbourne está repleto de edifícios protegidos como patrimônio de várias épocas e estilos. Prepare-se para preencher o cartão de dados da sua câmera rapidamente com fotos de edifícios famosos ou peculiares da cidade, antigas pinturas de publicidade e até mesmo estruturas futuristas. Os destaques incluem a Estação Flinders Street Railway, Federation Square, Arcade Bock e a sede gótica da ANZ.

13. Shrine of Remembrance

Shrine of Remembrance

Shrine of Remembrance

Shrine of Remembrance , na St Kilda Rd, foi concluído em 1934, como uma homenagem aos homens e mulheres que perderam suas vidas na Primeira Guerra Mundial. Exposições históricas lançam luz sobre os sacrifícios feitos por esses homens e é o local de algumas das mais importantes cerimônias militares e de lembrança àqueles que lutaram pela ANZAC. Visível do outro lado da cidade, o Shine é visto da Swanston St. no CBD, mas não fique vendo de longe, entre e obtenha uma das vistas mais lindas da cidade. (ps.: Meu lugar preferido em Melbourne).

14. Música!!!!

Cherry Bar

Cherry Bar

Depois do café, da arte de rua e do futebol, Melburnians amam a sua música ao vivo.Há uma série de shows gratuitos em toda a cidade praticamente qualquer dia da semana. Na cidade o Cherry Bar é um famoso bar local de rock (apropriadamente sobre AC/DC). Outra opção na city é o Ding Dong, Toff in Town e o John Cortina, além disso, a arte de rua pode ser apreciada em cada esquina, não é pra menos que Melb é a capital mundial da cultura. Além do CBD, subúrbios, como Northcote (Northcote Clube Social), Brunswick (The Retreat) e no St Kilda (The Esplanade Hotel), a música ao vivo não para.

15. Torne-se um fá de literatura no Wheeler Centre

Encontros no Wheeler Centre

Encontros no Wheeler Centre

Os fundadores da Lonely Planet financiaram o Wheeler Centre em 2010, mesmo ano em Melbourne foi listada como uma Cidade UNESCO da Literatura. Ocupando uma parte da Biblioteca Estadual, o Centro é um espaço para “Livros, Redação e Idéias”. Eventos regulares, incluindo oficinas e palestras de artistas, escritores, arquitetos e editores são geralmente livres para participar.

16. Melbourne Town Hall 

Melbourne Town Hall

Melbourne Town Hall

História e arquitetura, os aficionados vão poder desfrutar disso fazendo um tour na Melbourne Town Hall.O edifício é construído de uma mistura de pedras azuis e cantaria da Tasmânia e está lá, todo imponente na  Swanston Street. Ele ainda é um local usado com concertos, comédias e palestras públicas realizadas no auditório principal, bem como nas menores câmeras. Outra grande atração é o Grande Órgão que data de 1929. Para conhecer os bastidores e o pórtico onde os Beatles e Abba já acenaram para seus fãs adoradores, você pode reservar um passeio livre da Câmara Municipal (somente dias úteis) ligando 03 9658 9658.

17. Jogos de Tabuleiros nos Pubs.

Beba, jogue e divirta-se!

Beba, jogue e divirta-se!

Australianos amam um jogo de tabuleiro ou puzzle. Fantasia compartilhada com cerveja é uma das muitas pedidas dos aussies …O Royal Standard Hotel é um dos locais preferidos deles, mas há outros grupos de jogos que se encontram em diferentes partes da cidade. Confira o calendário de eventos Meetup.

18. Conheça a história do início de Melbourne
18

Viva Melbourne na pele e explore um pouco da história urbana da cidade nos bairros no norte da cidade. Passeios em Collingwood, Abbotsford e Clifton Hill estão  no  site  do conselho local e que vão poder levá-lo aos ícones industriais da cidade como, como o Skipping Girl Vinager signal (melhor visto ao entardecer), bem como Abbotsford Convent e Dights Falls.

19. Assista a uma Sessão no Parlamento

Parlamento

Parlamento

Verifique no site do Parliament Government e saiba quando você pode dar uma espiada na Assembleia Legislativa gratuitamente.

20. Aviões

Raaf Museum

Raaf Museum

Aqui você pode encontrar o Royal Australian Air Force Museumem Point Cook, e se deparar com um grande acervo de aeronaves e aviação fascinantes. As visitas são gratuitas (doações são bem-vindas).Ligue antes para saber sobre as visitas guiadas, mas apenas para grupos, junte seus amigos e marque uma visita. Para mais diversão no mundo da aviação, você pode ir até o Plane-Spotters (esquina da Oaklands Rd. e Sunbury Road.) e vai poder ver de pertinho os aviões decolando e aterrissando no aeroporto de Melbourne, a impressão é que você pode tocá-los.

Está sem dinheiro? Por que não curtir essas atividades?
Partiu Melbourne!

Fonte: Lonely Planet.

 

5 termos que provavelmente você já procurou até chegar aqui!

Bom, esse post vai ser um pouco diferente dos outros. Sempre recebo comentários legais e sugestões de posts para o blog, mas dessa vez resolvi fazer diferente. Acontece que é possível acompanhar pelo ´painel de controle´do wordpress o que as pessoas estão pesquisando nos buscadores (google, é o mais famoso deles) até chegar aqui no meu blog.

Gosto sempre de acompanhar essas estatísticas e baseado nelas procuro criar conteúdo para o blog. Dessa vez o post de hoje vai ser inteiro dedicado à você que provavelmente chegou aqui por esses buscadores. Resolvi selecionar os 5 termos mais procurados e tentar responder aqui. Creio que isso facilitará a vida de outras pessoas também. Posso dizer na verdade que esse é um Post-Resumo do que já tive de bom por aqui.

Então vamos à eles:

1. ‘WILD LIFE’ Austrália

CLICHÊ! Veio para a Austráia tem que tirar foto com Koalas e Cangurús!  Foto tirada no Ballarat Park. Apesar de não estar com barba, eu simplesmente gosto muito dessa foto.

CLICHÊ! Veio para a Austráia tem que tirar foto com Koalas e Cangurús! Foto tirada no Ballarat Park.
Apesar de não estar com barba, eu simplesmente gosto muito dessa foto.

Sim! Aqui é o paraíso pra quem gosta de vida selvagem. Possivelmente você vai encontrar de tudo aqui, os animais aqui podem ser desde lindas cacatuas até mortais crocodilos de água salgada e doce sem contar as pequenas criaturas mortais como aranhas e águas vivas. É claro que não podemos esquecer das fotos com os famosos Koalas, Cangurús, Wombat e Mombats que você pode tirar nos parques espalhados pela Austrália. Se você quiser saber mais aqui vai uma lista com as principais postagens:

Animais na Austrália (separados por categorias)

Top 10 Animais mais Perigosos da Austrália

Wild Life Experience – Ballarat Park

Removendo Aranhas do seu quarto

Parques Victoria (site da instituição que cuida de todos os parques com listas e dicas de onde ir).

2. Bicicleta Melbourne

St. Kilda Road - Ciclovias sempre bem sinalizadas e respeito pelos ciclistas por parte dos motoristas.

St. Kilda Road – Ciclovias sempre bem sinalizadas e respeito pelos ciclistas por parte dos motoristas.

Melbourne é conhecida pelo incentivo ao esporte, energia limpa e por seus investimentos nesse meio de transporte alternativo que é andar de bicicleta. Sim, é possível ir para a faculdade, emprego ou cruzar toda a cidade por meio de ciclovias. Algumas cortam a cidade de norte a sul, outras você simplesmente pode utilizar o metrô para chegar até elas sem problema algum.

Aqui tem um post especial sobre isso que publiquei logo no começo do meu intercâmbio:

Guia para Ciclistas – Melbourne

3. Curiosidades

Pra mim, o maior choque foi me deparar com o inglês diferente do inglês! Aussies e seus slangs! Simplesmente divertido!

Pra mim, o maior choque foi me deparar com o inglês diferente do inglês! Aussies e seus slangs! Simplesmente divertido!

Caraca! Isso é o que mais tem que fica até difícil eu ficar falando uma por uma. Da mesma maneira que os australianos levam uma vida mais leve e relaxada eles também tem suas excentricidades que vão desde leis bizarras até o modo de vestir, comer e beber. Comer carne de cangurú, dar nome diferente para marcas conhecidas, ter um lago rosa ou até mesmo pagar por doação de esperma, é algo que você pode acompanhar nas matérias abaixo:

50 Fatos interessantes (ou não) sobre a Austrália

O Inglês Australiano

10 motivos para se mudar para Austrália

Doação de Esperma

Marcas Australianas

Lago Rosa – Pink Lake ou Salted Water Lake

10 Fatos sobre a Carne de Cangurú

Bizarras Leis Australianas

Burger King x Hungry Jack´s

4.  Melbourne

Região próxima ao Yarra River, todos os dias de hora em hora um show com fogos marca acontece de hora em hora próximo ao rio.  E sim! Ela é tudo isso, mesmo!!!

Região próxima ao Yarra River, todos os dias de hora em hora um show com fogos marca acontece de hora em hora próximo ao rio.
E sim! Ela é tudo isso, mesmo!!!

Esse é o quarto ítem e não menos importante ítem pesquisado aqui no blog. Se você pesquisou por Melbourne até chegar aqui, certamente começou bem certo! Não por ser a cidade mais linda do mundo (pra mim é, e pronto!) mas porquê ela também é a melhor cidade pra se viver, é a capital mundial da cultura, investe altamente em transporte, esportes, educação, etc.. Não me canso de citar motivos e motivos sobre essa cidade que me adotou e não me canso também de ter ótimas impressões sobre ela. Aqui vão os posts:

Meus primeiros dias em Melbourne

Turistando Low Cost 1

Turistando Low Cost 2

Melbourne é a melhor cidade para se viver e Damasco, a pior, diz estudo.

O Mundo, segundo os Brasileiros. MELBOURNE.

Fatos interessantes sobre Melbourne

Custo de Vida

E o bicho me mordeu de novo

Top 5 noites de Sexta

Melbourne é a cidade mais habitável do mundo, mais uma vez.

5. Hillsong Melbourne

Culto de Domingo no Athaenum Theatre.

Culto de Domingo no Athaenum Theatre.

Obrigado por que mesmo pesquisando por ‘RioSong’, ‘Riussong’, ‘Hellsong’ ou ‘RioSom’ você chegou aqui!!!! Yes!!!! Sempre tive uma raiz cristã e cresci embalado pelas músicas da Hillsong, principalmente Hillsong United. A sede da Hillsong é em Sydney mas nem por isso Melbourne perde em relação à isso.

A Hillsong Melbourne está dividia em 3 campus:
– City Campus: Athaenum Theatre na 188 Collins St. no CBD.

– East Capus: 32 Stud Rd, Bayswater

– West Campus: 90 Mitchell St, Maidstone

Além disso você pode se informar e ir até a célula de relacionamento mais próxima, conhecida também como ‘Connection Group’.

Cristão ou não, não importa sua religão, visite pelo menos uma vez, os cultos na verdade são como super-produções e são espetáculos à parte de tudo o que você já viu.

Bom por hoje é só!

#partiuAustrália

Pelos Bêcos de Melbourne.

Se no Brasil alguns becos são sinônimo de consumo de drogas, medo e perigo, aqui em Melbourne eles escondem muita arte, cultura, história e muitas histórias.

Dentre as atrações que os turistas mais procuram em Melbourne, as Arcades, Laneways (Vielas) e Alleyways (Becos) são as que fazem mais sucesso, seja para fotografar, apreciar os graffit´s de artistas conhecidos mundialmente ou até mesmo para conhecer fatos históricos sobre a cidade, alguns desses fatos podem ser acompanhados de um toque de terror, há quem diga que os becos na cidade são habitados por fantasmas, mas isso é história para um próximo post.

Então aqui vai uma seleção com os principais becos, vielas e galerias da cidade, aproveite!

Degraves Street
Se você chegou à cidade pela Flinders Street Station, a Degraves Street é o seu primeiro ponto de parada. A pequena rua fica entre os restaurantes, cafés e uma fábrica de cupcake. O ponto alto são os grafites e as lixeiras que não escapam das mãos dos artistas e dão um toque charmoso à rua.

Não deixe de passar também pelo Campbell Arcade que nada mais é que um acesso à estação, porém com um toque de anos 50 e muitas galerias. O acesso é feito pela própria Flinders Street.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Hosier Lane
Essa pra mim é incrível, não existe sequer um amigo ou algum couchsurfer que venha para Melbourne e eu não leve à esta rua. Ela é a mais famosa da cidade e o acesso é feito pela Flinders Street e fica em frente a praça Federation Square.  O mais interessante é que eu sempre volto várias vezes em um mês na Hosier Lane e sempre que eu voltei nunca houve um dia em que ela estava a mesma. Todos os dias você pode encontrar um novo artista, um novo desenho, uma nova história que pode variar desde os personagens da Disney até conscientização política como as revoltas com o primeiro ministro Tonny Abbot ou causas sociais.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Union Lane
União Lane fica entre Little Collins Street e Bourke Street Mall.  Esta lane fica entre os diversos edifícios comerciais da região que é hiper lotada, seja de turistas, locais ou fotógrafos, em alguns casos raramente se consegue tirar uma foto sozinho de tanta gente que tem lá.

 

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Fonte: Ivan Carlos. Acervo Pessoal.

Croft Alley
A região e o bêco do Croft não é tão conhecido assim, ela fica no meio de ChinaTown Street e não tem tanta gente e apesar de não chamar muito a atenção dos turistas ela não perde em nada para as outras e tem um detalhe a mais: um Bar Temático com decoração de laboratório químico abandonado misturado com manicômio, este é o The Croft Institute. Se encontrar o “polvo” na parede, siga em direção à ele e vire a esquerda e sem seguida à direita. Pronto! Peça uma bebida, use sua seringa (para bebê-la) e divirta-se!

croft

Não é à toa que Melbourne é conhecida como a Capital Mundial da Cultura. E aqui é assim, cultura por aqui não se faz apenas com música local e filmes, aqui a street art certamente é um dos pontos mais fortes e de maiores investimentos. Não só no centro da cidade (Melbourne CBD) assim como nos subúrbios é bem possível encontrar diversas ruas, becos e galerias cheias de arte e muita cor, basta andar e observar, você vai literalmente se apaixonar por elas.

Essa é minha Melbourne! Bora se aventurar pelos becos da cidade?

#partiuAustrália!

 

Melbourne é a cidade mais habitável do mundo, mais uma vez.

Melbourne manteve o seu status como a cidade mais habitável do mundo pelo quarto ano consecutivo, superando três outras cidades australianas no Top10.

Segundo o índice de Habitalidade da Economist Intelligence Unit,  Melbourne está à frente de 139 outras cidades, mandando muito bem em uma série de critérios, incluindo cuidados de saúde, cultura, meio ambiente, educação e infra-estrutura.

Além disso, ela também marcou um perfeito 100 pontos na sub-categoria “esporte”.

Viena ficou em segundo lugar na pesquisa mas outras cidades australianas também aparecem como Adelaide (5), Sydney (7) e Perth (9).

O prêmio veio depois de Melbourne foi classificada pela Conde Nast Traveller magazine como cidade mais amigável do mundo (nenhuma noividade).

No outro extremo da escala da Economist,  Damasco devastado pela guerra na Síria foi a cidade menos habitável atrás de Dhaka, em Bangladesh e Port Moresby, em Papua Nova Guiné.

“Nossos índices de criminalidade baixos, excelente sistema de saúde,  comunidade multicultural harmoniosa, excelente sistema de educação, estradas e rede ferroviária, todos desempenham um papel na nossa grande cidade nos fazendo conquistar esse cobiçado prêmio de novo”, disse o premier Denis Napthine.

E ela é tudo isso mesmo! Só quem vive aqui pode experimentar o quão habitável é esta cidade. Melbourne é incrível e faz jus ao prêmio de cidade mais habitável do mundo. Obrigado por me receber tão bem Melbourne!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 australia_melbourne_wallpaper-HD university-melbourne-melb-campus

 

 

Top 5 Melhores Noites de Sexta em Melbourne

Sextas-feiras são sempre ótima desculpa para se despedir da semana que passou e saldar o fim de semana que está chegando e em grande estilo. Então, se você quer ter uma grande noite de sexta, não deixe de visitar um, ou melhor, todos esses lugares.

5. Pawn & Co. (South Yarra)
Este bar temático em South Yarra oferece diversão para todos. Ele tem o com o conceito de uma loja de penhores! É isso mesmo, se aventure aqui numa sexta-feira noite e se encontre imerso em um bar, onde praticamente tudo está à venda! Isso por si só fornece conversa o suficiente para a noite toda. Aproveite a noite para fazer novos amigos, e ainda desfrutar da noite junto à várias antiguidades, instrumentos, pinturas e muito mais! 

pawn

4. Highlander Bar (CBD)
Situado no CBD, próximo à Flinders Street, em Highlander Lane, fica esta pequena jóia, perfeita para uma divertida noite de sexta com boa companhia. Dizem que em Highlander o tempo voa, você curte a noite toda e quando a festa acaba a impressão que se tem é que se passaram apenas alguns minutos. Se for verdade ou não vale à pena conferir. Além de divertido o bar conta sempre com grandes músicas e um cardápio de comida estilo tapas para agradar estômagos famintos sem contar os famosos spirits que são tradição da casa.

highlander

 

3. Perseverance Bar (FitzRoy)
Se você é um fã de pubs, esse bar não pode ficar fora da sua lista. Músicas boa são cantadas em voz alta por todos e é possível ouvir do lado fora do bar. As músicas? Sempre uma mistura de pop, oldies e muito mais! As bebidas são baratas, o menú é variado e do lado de fora uma van de cachorro-quente fica esperando a multidão com fome! A sala principal sempre enche rápido e dançar as vezes fica difícil, você pode perder seus movimentos na pista de dança, mas uma coisa é certa, você vai ter muita diversão.

perseverance

 

2. Richmond Club Hotel (Richmond)
Famosa por futebol, o Richmond Club Hotel é um dos hotspots mais populares em Richmond. Lotado por uma multidão que ama o futebol australiano, o RCH como consegue encontrar o equilíbrio perfeito nas noites de sexta-feira unindo diversão e futebol. Com 3 andares fica difícil não se divertir,  o nível mais baixo é a lanchonete e a aglomeração dos fãs do footy , enquanto que o nível médio serve para quem está ansioso para começar seu fim de semana com um bogie e diversão no bar o piso superior oferece vistas intocadas da cidade e um lugar mais calmo para desfrutar de uma conversa com os amigos. Mas a verdadeira diversão é na pista de dança, onde uma mistura de House, Classics e mais bombam através do DJ local!

richmond

1. Spice Market (CBD)
Sim! O Spice Market vai fazer suas sextas serem fantásticas. Musica boa, bebidas especiais, ótima atmosfera e uma grande multidão curtindo o local estão entre as coisas que você encontrará por lá. Com decoração impecável, o local se transforma rapidamente em uma das melhores casas da região, com muita house music em instantes é possível se ver a pista de dança sendo consumida por gente bonita.  Cabines privadas estão disponíveis para quem quer desfrutar de coquetéis em um ambiente mais particular, entretanto a pista é a parte mais divertida.

spice