20 coisas para se fazer em Melbourne sem gastar $$$.

Sim! Melbourne é a cidade mais habitável do mundo por três vezes, é a capital mundial da cultura, é totalmente cultural e nem por isso é considerada uma cidade cara. Confira aqui 20 coisas que você pode fazer pela cidade sem desembolsar nada.

1.De Galeria em Galeria

National Gallery of Victoria

National Gallery of Victoria

São diversas as opções e muitas são as galerias de arte espalhadas pela cidade. A National Gallery of Victoria possui uma coleção impressionante, com grandes nomes como Drysdale, Rodin e Constable, entre as obras permanentes, outras itinerantes podem ser vistos de graça. No Ian Potter Centre, a coleção predominante é a australiana e inclui uma impressionante galeria no térreo de obras aborígenes.

Enquanto você estiver no Federation Square, aproveite para visitar ACMI (Centro Australiano para a Imagem em Movimento) e conheça a história interativa do cinema e da TV. Em seguida siga para o Australian Centre for Contemporany Art em Southbank – outra joia arquitetônica com um vasto calendário de exposições. Ainda não satisfeito? Há uma série de galerias privadas na delegacia Flinders Lane, com exposições menores de artistas locais e internacionais.

2. Becos

Hosier Lane

Hosier Lane

Já foi tema de post aqui no blog, mas vale à pena falar novamente. Tela para vários importantes artistas mundiais, os becos são a parte mais tradicional e imperdível da cidade. Cada beco é uma surpresa. Leia a matéria publicada aqui no blog e comece pela Hosier Lane (próxima à Federation Square) e desbrave todos os becos da cidade.

3. Free Bike
O governo da cidade de Melbourne lançou seu programa de bicicletas públicas o melbournebikeshare.com.auem 2010 (você verá os quiosques bicicleta azul espalhados pela cidade), que permite aos visitantes explorar a cidade amiga do ciclista. Os primeiros 30 minutos do aluguel é gratuito. Isso é apenas o tempo suficiente para percorrer de uma ponta da CDB para o outra. Talvez esses 30 minutos sejam apenas o “start” para que você desbrave outras áreas lindas da cidade como o Southbank e Yarra River.

Melbourne Bike Share

Melbourne Bike Share

Melbourne Yarra River and Southbank

Melbourne Yarra River and Southbank

4. Rooftops

 

Rooftop Bar

Rooftop Bar

Pra quem acha que a vida em Melbourne acontece apenas em solo, se enganou. A vida em Melbourne é muito ativa nos Rooftops (terraços) que abrigam diversos bares, mercados e as vistas mais maravilhosas da cidade.

5. Mercados

Queen Victoria Market

Queen Victoria Market

Melburnians adoram um bom mercado e a cidade é recheada deles. Em quase todo subúrbio é possível encontrar mercados que vendem produtos frescos locais, artesanatos, tesouros de segunda mão ou pratos gourmet de vendedores ambulantes em algum momento da semana. Os mais famosos são:  Queen Victoria Market,  Camberwell Market (sundaymarket.com.au), Rose Street Market (rosestmarket.com.au) em Fitzroy para absorver um pouco de criatividade Melbourne; Night Market no Victoria Market (qvm.com.au/night-market) e o Farmers Market em Abbotsford (slowfoodmelbourne.com.au ) para um pouco do gostinho rural na cidade.

6. Santa Kilda

St. Kilda Pier

St. Kilda Pier

Luna Park

Luna Park

É a praia mais famosa da cidade. Se o stress da cidade grande é demais para você, St Kilda é um excelente lugar para respirar ar puro e aproveitar o dia caminhando ao longo do passeio marítimo. As vistas são lindas e não só a praia, mas a arquitetura victoriana e diversas lojas podem ser apreciadas bairro à dentro, não se esqueça de dar uma passadinha no Luna Park.

7. Apreciar a cultura aborígene no Koorie Heritage Trust Cultural Centre.

Koorie Heritage Trust Cultural Centre

Koorie Heritage Trust Cultural Centre

Se você quer saber um pouco mais da história da Austrália antes da colonização inglesa, o Koorie Heritage Trust Cultural Centre é o local para conhecer os guardiões tradicionais, as pessoas Wurundjeri, e aprender algumas coisas sobre a história contemporânea Koorie e cultura. Além disso, obras de arte aborígene permanentes são expostas no local. O Melbourne Museum também tem suas exposições, entretanto é gratuito apenas para estudantes.

8. City Circle Tram

Circle Tram

Circle Tram

O tram em modelo rústico outra opção free para curtir a cidade num todo. Apenas pegue o City Circle e não se preocupe em pagar nada, você pode andar aos arredores da cidade, descer nos pontos turísticos e retornar ao passeio novamente. Sem pagar nada, é claro.

9. State Library of Victoria

State Library Victoria

State Library Victoria

Com mais de dois milhões de livros e a maior cúpula arquitetônica do estilo já feita no mundo, a Biblioteca Estatal de Victoria é um passeio à parte no coração de Melbourne. No centro da cidade e em frente à Melbourne Central Station, você pode desfrutar de todos os serviços como consutlas online, internet, computadores, acervos, etc.. como um cidadão local. Arquitetura? Confira, é imperdível.

10. Royal Botanic Gardens.

Royal Botanic Gardens

Royal Botanic Gardens

38 hectares de espaço verde e montanhoso, diversas plantas, árvores e riqueza de espécies tomam conta do Royal Botanic Gardens localizado aos pés do CBD de Melbourne. Apenas 15 minutos a pé da Federation Square, o jardim é um incrível lugar para passar o dia ou fazer um tradicional pic-nic australiano com os amigos ou família.

11. Igrejas

Catedral de St Patrick

Catedral de St Patrick

St. Paul, St. Patrick ou St. Michel, você não precisa ser religioso para apreciar as construções de algumas das grandes igrejas de Melbourne.

12. Arquitetura

Block Arcade

Block Arcade

Falando em arquitetura, o centro da cidade de Melbourne está repleto de edifícios protegidos como patrimônio de várias épocas e estilos. Prepare-se para preencher o cartão de dados da sua câmera rapidamente com fotos de edifícios famosos ou peculiares da cidade, antigas pinturas de publicidade e até mesmo estruturas futuristas. Os destaques incluem a Estação Flinders Street Railway, Federation Square, Arcade Bock e a sede gótica da ANZ.

13. Shrine of Remembrance

Shrine of Remembrance

Shrine of Remembrance

Shrine of Remembrance , na St Kilda Rd, foi concluído em 1934, como uma homenagem aos homens e mulheres que perderam suas vidas na Primeira Guerra Mundial. Exposições históricas lançam luz sobre os sacrifícios feitos por esses homens e é o local de algumas das mais importantes cerimônias militares e de lembrança àqueles que lutaram pela ANZAC. Visível do outro lado da cidade, o Shine é visto da Swanston St. no CBD, mas não fique vendo de longe, entre e obtenha uma das vistas mais lindas da cidade. (ps.: Meu lugar preferido em Melbourne).

14. Música!!!!

Cherry Bar

Cherry Bar

Depois do café, da arte de rua e do futebol, Melburnians amam a sua música ao vivo.Há uma série de shows gratuitos em toda a cidade praticamente qualquer dia da semana. Na cidade o Cherry Bar é um famoso bar local de rock (apropriadamente sobre AC/DC). Outra opção na city é o Ding Dong, Toff in Town e o John Cortina, além disso, a arte de rua pode ser apreciada em cada esquina, não é pra menos que Melb é a capital mundial da cultura. Além do CBD, subúrbios, como Northcote (Northcote Clube Social), Brunswick (The Retreat) e no St Kilda (The Esplanade Hotel), a música ao vivo não para.

15. Torne-se um fá de literatura no Wheeler Centre

Encontros no Wheeler Centre

Encontros no Wheeler Centre

Os fundadores da Lonely Planet financiaram o Wheeler Centre em 2010, mesmo ano em Melbourne foi listada como uma Cidade UNESCO da Literatura. Ocupando uma parte da Biblioteca Estadual, o Centro é um espaço para “Livros, Redação e Idéias”. Eventos regulares, incluindo oficinas e palestras de artistas, escritores, arquitetos e editores são geralmente livres para participar.

16. Melbourne Town Hall 

Melbourne Town Hall

Melbourne Town Hall

História e arquitetura, os aficionados vão poder desfrutar disso fazendo um tour na Melbourne Town Hall.O edifício é construído de uma mistura de pedras azuis e cantaria da Tasmânia e está lá, todo imponente na  Swanston Street. Ele ainda é um local usado com concertos, comédias e palestras públicas realizadas no auditório principal, bem como nas menores câmeras. Outra grande atração é o Grande Órgão que data de 1929. Para conhecer os bastidores e o pórtico onde os Beatles e Abba já acenaram para seus fãs adoradores, você pode reservar um passeio livre da Câmara Municipal (somente dias úteis) ligando 03 9658 9658.

17. Jogos de Tabuleiros nos Pubs.

Beba, jogue e divirta-se!

Beba, jogue e divirta-se!

Australianos amam um jogo de tabuleiro ou puzzle. Fantasia compartilhada com cerveja é uma das muitas pedidas dos aussies …O Royal Standard Hotel é um dos locais preferidos deles, mas há outros grupos de jogos que se encontram em diferentes partes da cidade. Confira o calendário de eventos Meetup.

18. Conheça a história do início de Melbourne
18

Viva Melbourne na pele e explore um pouco da história urbana da cidade nos bairros no norte da cidade. Passeios em Collingwood, Abbotsford e Clifton Hill estão  no  site  do conselho local e que vão poder levá-lo aos ícones industriais da cidade como, como o Skipping Girl Vinager signal (melhor visto ao entardecer), bem como Abbotsford Convent e Dights Falls.

19. Assista a uma Sessão no Parlamento

Parlamento

Parlamento

Verifique no site do Parliament Government e saiba quando você pode dar uma espiada na Assembleia Legislativa gratuitamente.

20. Aviões

Raaf Museum

Raaf Museum

Aqui você pode encontrar o Royal Australian Air Force Museumem Point Cook, e se deparar com um grande acervo de aeronaves e aviação fascinantes. As visitas são gratuitas (doações são bem-vindas).Ligue antes para saber sobre as visitas guiadas, mas apenas para grupos, junte seus amigos e marque uma visita. Para mais diversão no mundo da aviação, você pode ir até o Plane-Spotters (esquina da Oaklands Rd. e Sunbury Road.) e vai poder ver de pertinho os aviões decolando e aterrissando no aeroporto de Melbourne, a impressão é que você pode tocá-los.

Está sem dinheiro? Por que não curtir essas atividades?
Partiu Melbourne!

Fonte: Lonely Planet.

 

Anúncios

Mobilhando sua casa (FREE) em Melbourne

Mudar  de casa não é uma tarefa muito fácil, mudar para uma casa que não tem a mobilha completa e em uma das cidades mais caras do mundo, pode ser em alguns casos uma tarefa difícil e cara.
Diversas opções existem ao se alugar um imóvel por aqui: você pode alugar uma casa inteira, dividir um quarto, alugar apenas o quarto ou alugar uma casa com seus amigos e esta casa não ter a mobilha completa, tudo isso porque você queria baratear o aluguel, esse foi o nosso caso.

Eu e um amigo carregando pela rua nosso futuro sofá!

Eu e um amigo carregando pela rua nosso futuro sofá!

Alugamos uma casa apenas com algumas camas e uns móveis bem antigos, mas para nós faltavam algumas coisas como a tv, o sofá e outros móveis, e antes de termos apenas uma casa, queríamos ter um “lar” que tivesse um conforto também, mas para isso precisaríamos gastar um pouco, até que ouvimos falar sobre mobilhar sua casa com móveis encontrados nas ruas. NOSSA VIDA MUDOU! (Risos).
A ideia pareceu no começo um tanto inusitada e desconfortável, poxa! “Como nós iríamos nos submeter a tal situação?!” ou “Pegar móveis nas ruas é coisa de mendigo…” Mas para quem está sem grana talvez essa seria a solução.

Resolvemos esperar um pouco e deixar rolar, até que a nossa mobilha começou surgir repentinamente nas ruas.
Nós não sabíamos, mas um hábito muito comum aqui é as pessoas colocarem os móveis que não usam mais nas calçadas ou nas ruas, na maioria dos casos os móveis sempre estão em bom estado e funcionando perfeitamente, creio que isto aconteça justamente poque eles sabem que sempre terá alguém como nós precisando daquela ajudinha.
Enquanto as pessoas começaram a se desfazer de seus móveis, nós começamos a mobilhar nossa casa, o que antes era vergonha e sobrevivência, se tornou diversão para nós que apanhamos alguns móveis e voltamos pra casa felizes da vida com nosso “troféu”.
Nesses últimos dias fizemos um upgrade em nossa casa: transformamos a cozinha que outrora tinha apenas uma pia e uma mesa simples, em uma sala 3 ambientes com direito à mesa de jantar, sofá, poltrona do papai (chamamos de poltrona do boss) e TV 29′. O local que servia apenas como um lugar de passagem ou só pra fazer comida, tornou-se hoje um dos lugares preferidos da casa.

Se eu tenho vergonha de pegar móveis nas ruas?
Claro que não, enquanto as pessoas gastam muito dinheiro pra mobilhar suas casas e abandonam seus móveis nas ruas, nós mobilhamos a nossa e transformamos ela no melhor lugar de Melbourne.

O que mudou na minha vida?
NADA! “Catar” um móvel na rua não me fez pior ou melhor que as outras pessoas, muito pelo contrário, só me mostrou que em muitas situações é preciso abrir mão de seu orgulho se quiser algo diferente pra você! Mesmo que esse algo “diferente” seja os móveis novos para sua casa! E nós estamos muito felizes com isso.

Depois do caminho longo, pausa pro descanso, sofá novo e missão cumprida!

Depois do caminho longo, pausa pro descanso, sofá novo e missão cumprida!

Home, sweet home!

Home, sweet home!

 

Turistando por Melbourne – LOW COST! [Parte 2] – Free Attractions!

Melbourne é considerada a capital cultural da Austrália, é a segunda maior região metropolitana do país e por ano recebe mais de 1 milhão de turistas estrangeiros e mais 7 milhões de turistas australianos, tornando-a um dos principais destinos turísticos da Austrália.

É claro que nem todos esses milhares de turistas que vem pra cá  estão cheios de dinheiro, muitos deles são estudantes ou mochileiros como nós, e Melbourne considerada capital da cultura não deixou pensar neles, ou melhor, em nós!

Depois de procurar em alguns sites, resolvi fazer uma lista com “TOP 10 Free Attractions” em Melbourne, vamos à elas:

1. City Circle Tram
O City Circle Tram é um serviço gratuito oferecido por Melbourne à turistas e moradores. Trata-se de um “bondinho” onde você pode conhecer todo o centro de Melbourne, através dele é possível dar a volta toda na região central e fazer paradas em diversas lojas, pontos de interesse e outras principais atrações da cidade. Não há limite para uso, inclusive dentro dos trens são disponibilizados mapas e informações à respeito da cidade. As principais atrações que o tram faz parada são:  Museu da Cidade, Casa do Parlamento, Docklands, Federation Square, Aquário de Melbourne e Princess Theatre. Info.

CITY CIRCLE TRAM (Rota 35)

CITY CIRCLE TRAM (Rota 35)

2. RAAF Museum (Museu da Força Aérea Australiana)
Com entrada gratuita, você não pode perder esse local. O funcionamento do museu é de terça-feira a sexta-feira somente. E dá ao visitante uma perspectiva única sobre a história da aviação australiana, a Força Aérea e RAAF Point Cook. As visitas guiadas são conduzidas por oficiais treinados. A entrada para o Museu RAAF é livre, no entanto, as doações são bem-aceitas. Identificação com foto é exigida para todos os visitantes com idade superior a 16 para ganhar a entrada para a Base. Info.

RAAF Museum

RAAF Museum

3. National Gallery of Victoria
A Galeria Nacional da Victória é o mais antigo museu de arte pública da Austrália e abriga uma das coleções de arte mais importantes do país com tudo, desde obras egípcias, antiguidades romanas, arte asiática, renascentista, barroco até arte contemporânea. Localizada na 180 St Kilda Road. está aberta diariamente, exceto às terças-feiras e com entrada gratuita, é uma ótima opção para quem aprecia obras de arte. Destaque para exposições de Monet.

NGV Internacional

NGV Internacional

4. Australian Centre for the Moving Image (Centro Australiano para a Imagem em Movimento)
O primeiro centro do gênero no mundo, dedicado à imagem em movimento em todas as suas formas, do cinema antigo até as mais novas mídias digitais. Dois cinemas multi-formato, maior galeria de arte dedicado ao mundo da imagem com exposições e cinema, instalações de arte para atividade pública,  educação e produção midiática. Localizada na Federation Square, está aberta diariamente, das dez horas às cinco horas (até seis horas nos fins de semana). Informações aqui.

Australian Centre for the Moving Image

Australian Centre for the Moving Image

5. Queen Victoria Market
Tudo a partir de frutas e legumes, produtos frescos e delicatessem, roupas, plantas e animais são vendidos neste mercado, que abrange sete hectares (cerca de 1.000 comerciantes). Aberto terças e quintas das 06:00-14:00, Sextas das 06:00-18:00, Sab 6:00-15:00, dom 09:00-16:00. Fechado: segundas, quartas e feriados. Info.

Queen Victoria Market

Queen Victoria Market

6. Royal Botanic Gardens
35 hectares de jardins paisagísticos extensivamente perto do centro da cidade, na margem sul do rio Yarra. Eles são amplamente considerados como os melhores jardins botânicos da Austrália, e entre os melhores do mundo. Caminhadas guiadas ou passeios de áudio auto-guiadas estão disponíveis. Aberto diariamente das 7:30-  às 18:00h.

Royal Botanic Gardens

Royal Botanic Gardens

7. Federation Square
Um dos meus  locais preferidos em Melbourne. É cada vez mais difícil imaginar Melbourne sem Federation Square. É o lar de grandes atrações culturais, eventos de classe mundial, experiências de turismo e uma variedade excepcional de restaurantes, bares e lojas especializadas, esta praça moderna tornou-se ponto de encontro da cidade. Desde a sua abertura em 2002, a “Fed” tornou-se uma das atrações mais visitadas em Melbourne, com cerca de 10 milhões de visitas em 2012.

Federation Square

Federation Square

8. State Library of Victoria
Uma das maiores bibliotecas do mundo, a Biblioteca Estadual de Victoria é a principal referência do estado, é uma porta de entrada para a informação do mundo. A biblioteca abriga itens da vida cultural de Victoria, passado e presente se misturam e estão disponíveis para a comunidade através de uma gama de serviços, exposições e programas culturais. Info.

State Library of Victoria

State Library of Victoria

9. Old Treasury Building
É considerado como um dos mais belos edifícios públicos na Austrália.  Projetado por um arquiteto de 19 anos, John James Clark, é amplamente considerado um dos dos melhores exemplos da arquitetura renascentista Revival na Austrália. Até 1992, o prédio abrigou uma série de departamentos governamentais, incluindo a prefeitura do Governador Vitoriana. Restaurado e aberto ao público como museu em 1994, o edifício fornece uma orientação ideal em Melbourne para visitantes que desejam compreender e explorar a história da cidade, a arquitetura, a arte e a vida contemporânea. Info.

http://www.oldtreasurybuilding.org.au/

Old Treasury Building

10. Melbourne Museum (grátis para estudantes).
Localizado em Carlton Gardens, em frente ao histórico Edifício da Exposição Real , o premiado Museu Melbourne abriga uma coleção permanente de oito galerias, incluindo uma apenas para crianças. Os destaques incluem um esqueleto completo de uma baleia-azul, o Centro Cultural Aborígene Bunjilaka, uma Floresta Viva, o Phar Lap cavalo de corrida e um teatro IMAX no local. Grandes exposições internacionais são apresentados no Touring Hall. Além do museu há também o IMAX que é o MAIOR formato de cinema do mundo, com uma tela de até oito andares. Filmes e documentários podem ser experimentado em 2D ou 3D. Para mim uma das melhores atrações, estive lá recentemente e consegui ver apenas 2 exposições de tão grande que é este museu, o lado bom é que para estudantes a entrada é gratuita e não existe limite de visitas. Pra mim um dos melhores locais. Para maiores informações, clique aqui.

Melbourne Museum

Melbourne Museum

Então, depois dessas opções, só nos resta curtir bastante essa cidade, e DE GRAÇA!

 

See you!!!!

#PartiuAustralia

Turistando por Melbourne – LOW COST! [PARTE 1]

Melbourne Visitor Shuttle

Melbourne Visitor Shuttle

Está chegando em Melbourne agora, não sabe o que fazer e ainda quer economizar?

Este é o primeiro post que farei sobre “turistar” em Melbourne LOW COST! Não é porque você não tem grana ou não veio tão abonado assim que não vai poder conhecer lugares incríveis e paisagens de tirar o fôlego na Melbourne City.
Ao chegar na Austrália, em Melbourne, garanto que fiquei um tanto impressionado com os preços por aqui, até que você começa a se encontrar com outras pessoas na mesma situação que você e descobre que sim, há muita coisa barata ou até mesmo de graça pra curtir por aqui.

Nesse primeiro post vou falar sobre os transportes.

Se você já viajou por outros países, provavelmente conhece ou já ouviu falar sobre os famosos “City Sightseeing´s”, que nada mais são que ônibus caríssimos que param em diversos pontos turísticos das principais cidades around the world! Aqui em Melbourne existe esse serviço por U$ 35,00.

Shuttle Visitor Melbourne

A notícia boa, é que você pode ter esse mesmo serviço DE GRAÇA (até 1 de outubro, após essa data o valor será de U$5,00).
A bordo do Shuttle Visitor Melbourne você pode descobrir uma cidade cheia de belos jardins, arquitetura impressionante e obras de arte deslumbrantes, bem como uma série de galerias, teatros, lojas e restaurantes. Mesmo após a cobrança, os U$ 5,00 para manutenção, não chegarão nem aos pés dos U$35,00 cobrados pelo serviço Sightseeing.

Os bilhetes estão disponíveis a partir do Centro de Visitantes Melbourne na Federation Square ou a partir de máquinas de venda localizados em cada parada.

Existem 13 paradas onde você pode subir e descer a todo momento. Faça o download do mapa aqui(PDF 1.7MB). Cópias também estão disponíveis no Centro de Visitantes Melbourne.

ROTA:

Parada 1: Arts Precinct
Locais relacionados à peças de teatro, fotos e performances: Arts Centre Melbourne, NGV International, Australian Centre for Contemporary Art (ACCA), Malthouse Theatre, Melbourne Recital Centre e Southbank Theatre.

Parada 2: Federation Square
Saia aqui para serviços aos visitantes, cultura e arte.: Melbourne Visitor Centre, Federation Square, Ian Potter Centre, NGV Australia, Australian Centre for the Moving Image (ACMI), Birrarung Marr and William Barrack Bridge, Federation Bells, Flinders Street Station, St Paul’s Cathedral e Hosier Lane.

Parada 3: Sports Precinct
Estádios, lendas e jardins.: Melbourne Cricket Ground (MCG), National Sports Museum (in the MCG), Melbourne, Olympic and AAMI parks, Fitzroy Gardens, Cooks’ Cottage, Fairies Tree, Model Tudor Village e Historic Conservatory.

Parada 4: Chinatown
Compras, teatro e conhecer o dragão chinês.: Her Majesty’s, Princess, Regent, Athenaeum and Comedy theatres, Chinatown, Collins Street, Greek precinct e State Library of Victoria, Bourke Street Mall, Melbourne’s GPO, Melbourne Central, QV Melbourne.

Parada 5: Melbourne Museum e Carlton Gardens
Cultura e o cinema.: Melbourne Museum, IMAX Theatre, Royal Exhibition Building, Carlton Gardens, Old Melbourne Gaol e City Watch House.

Parada 6: Lygon Street delegacia
La Dolce Vita e La Mama.: Lygon Street lifestyle, La Mama and Carlton Courthouse theatres, Piazza Italia e Museo Italiano Cultural Centre.

Parada 7:  Universidade de Melbourne
Saia aqui para museus, música e arte moderna.: Universidade de Melbourne, Ian Potter Museum of Art e Grainger Museu

Parada 8: Queen Victoria Market
Mercado, museu e hortelã.: Queen Victoria Market, Melbourne Zoo, Flemington Racecourse, Casa das Artes e Errol Rua e Hellenic Museum.

Parada 9: Harbour Town, Docklands
Compras, patinação e vela.: Harbour Town, Medibank Icehouse, NewQuay e Salão de Turismo.

Parada 10: Etihad Stadium e Victoria Harbour
Artes, parques e eventos esportivos.: Victoria Harbour, Yarra Borda, Etihad Stadium, Docklands Parque e Fox Classic Car Museum.

Parada 11: William Street
Cultura, os tribunais e as maravilhas do litoral.: Museu da Imigração, Centro Cultural Koorie Heritage Trust, Delegacia Legal, ANZ Banking Museu, Empresa Wharf e Aquário de Melbourne.

Parada 12: Southbank e do Rio Yarra
SkyDeck, lojas e navios.: Melbourne Convention and Exhibition Centre, South Wharf Promenade, Crown Entertainment Complex, Southgate, Eureka Skydeck 88 e Polly Woodside

Parada 13: O Santuário e Royal Botanic Gardens
Música, um memorial e os jardins sinuosos.: Shrine of Remembrance, Royal Botanic Gardens Melbourne, Jardim Ian Potter Fundação da Criança, Sidney Myer Music Bowl, Casa do Governo e De La Trobe Cottage.

Os ônibus funcionam diariamente (exceto dia de Natal), que partem a cada 30 minutos 9h30 – 16:30. A viagem completa leva cerca de 90 minutos e inclui comentários on-board.

City Circle (Free Tourist Tram)

City Circle (Free Tourist Tram)

City Circle Tram

O “Circle Tram City” percorre o perímetro da CBD, levando o turista em muitos marcos de Melbourne todos os dias do ano, exceto dia de Natal e Sexta-feira Santa. A rota usa bondes W-Class icônicos, oferecendo-lhe uma experiência histórica nos bondes (bem semelhantes aos do Brasil), enquanto comentários em áudio automatizado anunciam pontos de interesse ao longo do percurso. Pegue o bonde GRATUITAMENTE em qualquer uma das paradas de bonde especialmente marcadas no centro.

Melbourne, de bike!

Melbourne, de bike!

Bike

Pegue uma bicicleta e desfrute de Melbourne, que é uma cidade orgulhosamente ciclo-friendly.
Com ciclovias dedicadas e uma impressionante rede de ciclovias, passear por Melbourne é algo simples, basta montar e curtir a cidade e seus diversos locais magníficos. A cidade de Melbourne está comprometida com a melhoria das instalações e caminhos para auxiliar os ciclistas e incentivar mais o ciclismo. Se você quiser saber mais sobre andar de bike em Melbourne, acesse aqui!

Melbourne é conhecida como a 1.ª Cidade no Mundo pra se viver, não é tôa que ela não cuida apenas de seus utentes, Melbourne cuida também de seus turistas!

Próximo post:  TOP 10 Locais FREE para conhecer em Melbourne!

Por enquanto é só!
#PartiuAustrália!