Os verdadeiros animais australianos.

A Austrália tem diversos animais que vão desde os mais temidos até os mais fofinhos como os Coalas, meu preferido. Pensando nisso, o pessoal de um  canal de TV Inglês resolveu fazer a difícil tarefa de dar os verdadeiros nomes a esses animais, nós do blog não perdemos tempo e “tentamos” traduzí-los pra você!

Ps.: Adorei a Galinha Turbo.

animais-australia

Veja também: Top 10 – Animais mais perigosos da Austrália

Anúncios

Python engole um Wallaby inteiro na Austrália

Sim! A Austrália é bizarra mesmo! A última da vez foi um Wallaby (da mesma família dos cangurús) que foi engolido completamente por uma cobra python.

Após ouvir alguns estranhos barulhos por aves no Parque Nacional Nitmiluk, Paul O’Neill resolveu investigar o que estava acontecendo e se deparou com cena abaixo:

can1

Ao se deparar com a cena, O’Neill não marcou bobeira, pegou a câmera e começou a fotografar o banquete sem medo de se tornar a sobremesa.can2

Momento de constricção da Python em torno do pequeno Joey.
can3

Abrindo a boca…can4

… engolindo ele por completo.
can5

De estômago cheio.
can6Pronto! Agora é só descansar e esperar a digestão.

can7

Partiu, Austrália?

 

 

Fotos: Northern Territory Parks and Wildlife / Via facebook.com
Fonte: BuzzFeed.com

5 termos que provavelmente você já procurou até chegar aqui!

Bom, esse post vai ser um pouco diferente dos outros. Sempre recebo comentários legais e sugestões de posts para o blog, mas dessa vez resolvi fazer diferente. Acontece que é possível acompanhar pelo ´painel de controle´do wordpress o que as pessoas estão pesquisando nos buscadores (google, é o mais famoso deles) até chegar aqui no meu blog.

Gosto sempre de acompanhar essas estatísticas e baseado nelas procuro criar conteúdo para o blog. Dessa vez o post de hoje vai ser inteiro dedicado à você que provavelmente chegou aqui por esses buscadores. Resolvi selecionar os 5 termos mais procurados e tentar responder aqui. Creio que isso facilitará a vida de outras pessoas também. Posso dizer na verdade que esse é um Post-Resumo do que já tive de bom por aqui.

Então vamos à eles:

1. ‘WILD LIFE’ Austrália

CLICHÊ! Veio para a Austráia tem que tirar foto com Koalas e Cangurús!  Foto tirada no Ballarat Park. Apesar de não estar com barba, eu simplesmente gosto muito dessa foto.

CLICHÊ! Veio para a Austráia tem que tirar foto com Koalas e Cangurús! Foto tirada no Ballarat Park.
Apesar de não estar com barba, eu simplesmente gosto muito dessa foto.

Sim! Aqui é o paraíso pra quem gosta de vida selvagem. Possivelmente você vai encontrar de tudo aqui, os animais aqui podem ser desde lindas cacatuas até mortais crocodilos de água salgada e doce sem contar as pequenas criaturas mortais como aranhas e águas vivas. É claro que não podemos esquecer das fotos com os famosos Koalas, Cangurús, Wombat e Mombats que você pode tirar nos parques espalhados pela Austrália. Se você quiser saber mais aqui vai uma lista com as principais postagens:

Animais na Austrália (separados por categorias)

Top 10 Animais mais Perigosos da Austrália

Wild Life Experience – Ballarat Park

Removendo Aranhas do seu quarto

Parques Victoria (site da instituição que cuida de todos os parques com listas e dicas de onde ir).

2. Bicicleta Melbourne

St. Kilda Road - Ciclovias sempre bem sinalizadas e respeito pelos ciclistas por parte dos motoristas.

St. Kilda Road – Ciclovias sempre bem sinalizadas e respeito pelos ciclistas por parte dos motoristas.

Melbourne é conhecida pelo incentivo ao esporte, energia limpa e por seus investimentos nesse meio de transporte alternativo que é andar de bicicleta. Sim, é possível ir para a faculdade, emprego ou cruzar toda a cidade por meio de ciclovias. Algumas cortam a cidade de norte a sul, outras você simplesmente pode utilizar o metrô para chegar até elas sem problema algum.

Aqui tem um post especial sobre isso que publiquei logo no começo do meu intercâmbio:

Guia para Ciclistas – Melbourne

3. Curiosidades

Pra mim, o maior choque foi me deparar com o inglês diferente do inglês! Aussies e seus slangs! Simplesmente divertido!

Pra mim, o maior choque foi me deparar com o inglês diferente do inglês! Aussies e seus slangs! Simplesmente divertido!

Caraca! Isso é o que mais tem que fica até difícil eu ficar falando uma por uma. Da mesma maneira que os australianos levam uma vida mais leve e relaxada eles também tem suas excentricidades que vão desde leis bizarras até o modo de vestir, comer e beber. Comer carne de cangurú, dar nome diferente para marcas conhecidas, ter um lago rosa ou até mesmo pagar por doação de esperma, é algo que você pode acompanhar nas matérias abaixo:

50 Fatos interessantes (ou não) sobre a Austrália

O Inglês Australiano

10 motivos para se mudar para Austrália

Doação de Esperma

Marcas Australianas

Lago Rosa – Pink Lake ou Salted Water Lake

10 Fatos sobre a Carne de Cangurú

Bizarras Leis Australianas

Burger King x Hungry Jack´s

4.  Melbourne

Região próxima ao Yarra River, todos os dias de hora em hora um show com fogos marca acontece de hora em hora próximo ao rio.  E sim! Ela é tudo isso, mesmo!!!

Região próxima ao Yarra River, todos os dias de hora em hora um show com fogos marca acontece de hora em hora próximo ao rio.
E sim! Ela é tudo isso, mesmo!!!

Esse é o quarto ítem e não menos importante ítem pesquisado aqui no blog. Se você pesquisou por Melbourne até chegar aqui, certamente começou bem certo! Não por ser a cidade mais linda do mundo (pra mim é, e pronto!) mas porquê ela também é a melhor cidade pra se viver, é a capital mundial da cultura, investe altamente em transporte, esportes, educação, etc.. Não me canso de citar motivos e motivos sobre essa cidade que me adotou e não me canso também de ter ótimas impressões sobre ela. Aqui vão os posts:

Meus primeiros dias em Melbourne

Turistando Low Cost 1

Turistando Low Cost 2

Melbourne é a melhor cidade para se viver e Damasco, a pior, diz estudo.

O Mundo, segundo os Brasileiros. MELBOURNE.

Fatos interessantes sobre Melbourne

Custo de Vida

E o bicho me mordeu de novo

Top 5 noites de Sexta

Melbourne é a cidade mais habitável do mundo, mais uma vez.

5. Hillsong Melbourne

Culto de Domingo no Athaenum Theatre.

Culto de Domingo no Athaenum Theatre.

Obrigado por que mesmo pesquisando por ‘RioSong’, ‘Riussong’, ‘Hellsong’ ou ‘RioSom’ você chegou aqui!!!! Yes!!!! Sempre tive uma raiz cristã e cresci embalado pelas músicas da Hillsong, principalmente Hillsong United. A sede da Hillsong é em Sydney mas nem por isso Melbourne perde em relação à isso.

A Hillsong Melbourne está dividia em 3 campus:
– City Campus: Athaenum Theatre na 188 Collins St. no CBD.

– East Capus: 32 Stud Rd, Bayswater

– West Campus: 90 Mitchell St, Maidstone

Além disso você pode se informar e ir até a célula de relacionamento mais próxima, conhecida também como ‘Connection Group’.

Cristão ou não, não importa sua religão, visite pelo menos uma vez, os cultos na verdade são como super-produções e são espetáculos à parte de tudo o que você já viu.

Bom por hoje é só!

#partiuAustrália

Guia para Iniciantes: Como remover uma aranha do seu quarto.

É incrível a relação que os australianos tem com os animais. É mais imprissionante ainda como eles conseguem conviver tão bem com elas, as aranhas. Independente do tamanho, se é bonita ou feia ou se é venenosa ou não, dificilmente um australiano matará um bichinho tão lindo quanto elas.

Existe um vídeo rolando por aqui sobre como remover uma aranha do seu quarto, pensando nos brasileiros que estão vindo pra cá ou já vivem aqui, vamos à ele!

1. Escolha sua arma com sabedoria!
1

 

 

 

 

 

 

 

 

2. Improvise!
2

 

 

 

 

 

 

 

 

3. Tente confundí-la.
3

 

 

 

 

 

 

 

 

4. Olhe sempre pra baixo e pro alto.
4

 

 

 

 

 

 

 

 

5. Tenha em mente que provavelmente ela vai lhe picar!
5

 

 

 

 

 

 

 

 

6. Não deixe ela escapar!
6

 

 

 

 

 

 

 

7. Se ela quiser pegar uma carona em você, fique calmo!
7

 

 

 

 

 

 

 

 

8. E mais importante: NÃO ENTRE EM PÂNICO!
8

 

 

 

 

 

 

 

 

BOA SORTE!
Vídeo Oficial:

 

 

#PARTIUAUSTRÁLIA!

 

 
Fonte: http://www.buzzfeed.com/simoncrerar/beginners-guide-to-removing-a-spider-from-your-bedroom

Wild Life Experience – Ballarat Wild Life Park

Sonho realizado! A tão esperada foto com o Koala.

Sonho realizado! A tão esperada foto com o Koala.

Sempre fui entusiasta dos “bichos”, não é à toa que entrei pra medicina veterinária,  e uma das áreas que me encanta é a de animais selvagens, a tão falada “Wild Life” por aqui.

Antes mesmo de vir pra cá eu passava horas e horas pesquisando tudo sobre a Austrália, e por mais que eu evitasse sempre terminava as pesquisas naquilo que mais gostava, os animais selvagens entre eles os Koalas, Cangurus, Emus, Wombats, Demônio da Tasmânia, Crocodilos e todo outro tipo de animal que poderia encontrar por aqui.

Encontrar esses animais em Melbourne não é uma tarefa tão difícil assim, não é nada incomum você ir à um parque e encontrar uma família de cangurus ou pássaros exóticos, mas tirar foto com eles e manter um contato mais próximo pode ser em alguns casos uma tarefa difícil ou até mesmo perigosa.

Pensando nisso o Ballarat Wildlife Park tornou tudo isso possível, reunindo em um parque dezenas de espécies e centenas e animais dóceis, proporcionando ao visitante um contato próximo e uma experiência única. No parque é possível andar e tirar fotos com os mais famosos animais da Austrália. Com mais de 80 cangurus no entorno do parque, você tem oportunidade de alimentar estes animais surpreendentes e também terá a oportunidade de interagir com os koalas, wombats, e uma variedade de répteis que vão desde cobras, lagartos e até uma tartaruga gigante.

Pra mim, o dia de ontem no Ballarat Wildlife foi um dos meus melhores dias em Melbourne, desde o Brasil eu sonhava com o dia em que ia poder tirar fotos com esses animais e ter uma experiência real com eles, sempre quis poder ter contato direto com cangurus e koalas, em um dia só pude realizar realizar tudo isso, foi um dia pra não esquecer. Eu parecia e me tornei uma verdadeira criança! As fotos deste dia podem ser vistas abaixo:

Se você está em Melbourne, ou está de viagem marcada pra cá não pode perder essa experiência.

Para ir ao Ballarat Wildlife Park, vá até a Southern Cross Station e embarque rumo à cidade Ballarat (AUD 12,00) e desça na Ballarat Station, na própria estação pegue o ônibus n.º 9, ele é de graça para quem tem passagens em mãos e peça para descer no ponto n.º 9 no  Ballarat Wild Life Park. O Custo da entrada é AUD 25,00 porém para estudantes o valor é AUD 21,00. Preço baixíssimo em relação as ótimas experiências que terá neste dia!

Dica: não deixe de reservar outro dia para ir ao Museu do Ouro, Sovereign Hill e as Tours pelos lugares mal-assombrados da cidade. Esses são assuntos para próximos posts afinal, certamente voltaremos para lá.

Top 10 – Animais Mortais e Perigosos na Austrália

Já não é novidade que a Austrália é famosa por sua rica fauna cheia de animais perigosos. Cobras mais mortais que em qualquer outro lugar do mundo, tubarões, aranhas, crocodilos e outros animais fazem com que a Austrália tenha essa reputação temível, alguns pesquisadores chegam chamar esse país de “A Casa Mortal”. Mas será que é isso mesmo? Que tal conhecer esses seres e ficar sabendo se é possível ou não a Austrália ter essa tão merecida reputação. Vamos à lista!

1. Box Jellyfish (Chironex fleckeri)

Conhecida na espreita na costa de Darwin e norte de Queensland,  essa água-viva tem um dos mais potentes ferrões da Austrália. Ela foi responsável por 70 mortes no país e envolve as vítimas aos seus tentáculos em torno de 3m (é isso mesmo, 3 metros). Esse ferrão translúcido é mais prevalente durante os meses do verão e todas as mortes registradas ocorreram entre outubro e maio. O veneno é injetado através de pequenos receptores ao longo dos tentáculos agravando ainda mais a picada dependendo da quantidade de tentáculos que tocam a pele. Além de ser muito doloroso, o veneno ataca os músculos em torno dos pulmões e coração. Como resultado, a paralisia de ambos os órgãos é a principal causa de morte em casos não tratados.

Box JellyFish

Box JellyFish

box

Lesões causadas pela “água-viva mortal”

2. Honney Bee (Apis mellifera)

Tal como as vespas européias, a abelha apis mellifera tem 1,5 centímetro, ela é bem modesta ou assim parece, mas é altamente perigosa para aqueles que têm alergia à seu veneno. Ao contrário das vespas, no entanto, as abelhas deixam seu ferrão inserido em sua vítima, juntamente com um saco de veneno. Este se destaca da abelha, matando-a. As abelhas nativas australianas são muito menores e muitas vezes não picam, ao contrário das espécies introduzidas. A alergia ao veneno é responsável ​​por mais mortes anuais médias que os tubarões, aranhas ou cobras separadamente. Menos de três por cento dos australianos são alérgicos ao veneno de abelha ou vespa. Não quero tomar nenhuma picada para saber se sou ou não.

Apis Melifera

Apis Mellifera

3. Irukandji Jellyfish (Carukua barnesi)

A Irukandji habita as águas australianas do Norte. Esta água-viva mortal tem apenas 2,5 centímetros de diâmetro, o que a torna muito difícil de detectar na água. Esta é uma espécie de água-viva que se tornou conhecida nos últimos anos, devido às mortes de banhistas na Austrália. Em 2002, Richard Jordon foi lesionado enquanto nadava na costa da Ilha de Hamilton. Ele era um turista britânico de 58 anos e infelizmente morreu poucos dias depois.  A água-viva Irukandji, apesar de seus 2,5 centímetros de diâmetro pode causar a morte de seres humanos dentro de dias.

Irukandji Jellyfish

Irukandji Jellyfish

4. Bull Shark ou Tubarão Touro (Carcharhinus leucas)

Em um estudo realizado por cientistas, a  conclusão foi que, em relação ao tamanho do corpo, os Tubarões Touro (Carcharhinus leucas) têm a mordida mais forte (cerca de 6.000 newtons de força), superando inclusive tubarões maiores. Esta espécie tem, em média, mais de dois metros de comprimento, mas em alguns casos, pode ultrapassar os três metros. Tubarões touro mordem com mais força do que um grande tubarão branco e um tubarão-martelo”, afirmou Maria Habegger, bióloga da Universidade do Sul da Flórida. Estas espécies geralmente atacam presas grandes como golfinhos, tartarugas e outros tubarões, então são esperadas mordidas fortes devido às exigências mecânicas para este tipo de presa. Neste caso é melhor os humanos ficarem bem longe deles, eu não me arriscaria.

Bull Shark

Bull Shark – Tubarão touro – Carcharhinus leucas

5. Eastern brown snake (Pseudonaja textilis)

Também conhecida como cobra marrom, encontrada em toda a metade oriental da Austrália continental. Em movimento rápido, agressivo e conhecido por seu mau humor, as cobras marrons são responsáveis ​​por mais mortes todos os anos na Austrália do que qualquer outro grupo de cobras. Não é só o seu veneno classificado como o segundo mais tóxico de qualquer cobra terrestre do mundo (com base em testes em ratos), elas prosperam em áreas povoadas, especialmente em explorações agrícolas em zonas rurais, onde haja camundongos. Se perturbada, a cobra marrom levanta o corpo do chão, enrolando em forma de ‘S’, a boca se escancara e ela fica pronta para atacar. Seu veneno causa paralisia progressiva e interrompe a coagulação do sangue, o que pode levar à muitas doses de soro para reverter o quadro. Vítimas podem entrar em colapso dentro de alguns minutos.

Eastern Brown Snake

Eastern Brown Snake

6. Crocodilo de Água Salgada (Crocodylus porosus)

O crocodilo de água salgada é o maior réptil do mundo. Estas incríveis criaturas são encontradas na costa norte da Austrália e do interior até 100 km ou mais. Já foram relatados casos em que os crocodilos tinham 7 metros, contudo o tamanho médio de um crocodilo de água salgada é de 4 metros de comprimento. Eles se reproduzem na estação chuvosa, com a fêmea botando até 60 ovos de cada vez. Quando os crocodilos nascem, apenas um número muito pequeno desses sobrevivem na selva e crescem para ser crocodilos adultos. O crocodilo é agora uma espécie protegida na Austrália, no entanto, se o perigo humano é um fator, o crocodilo terá de ser afastado do possível contato. Todos os anos há 1-2 mortes conhecidas por crocodilos de água salgada (bem como 4-10 ataques não-fatais), geralmente muito divulgados, devido à sua crueldade e agressão.

Crocodilo de Água Salgada

Crocodilo de Água Salgada

7. Sydney Funnel Web  (Atrax robustus)

Com veneno altamente tóxico produzido em grandes quantidades e grandes presas para injetá-lo, a Sydney Funil Web é, sem dúvida, a aranha mais mortal da Austrália e, possivelmente, do mundo. Encontrado em New South Wales, em florestas, bem como áreas urbanas povoadas, eles escavam em locais úmidos. Elas podem passear nos quintais e às vezes cair em piscinas, embora elas não sejam tão frequentemente encontradas, podem ser bastante agressivas quando ameaçadas. Com apenas 1,5 à 3,5 centímetros grande, a Sydney Funil Web tem presas maiores do que uma cobra marrom e tão poderoso que podem até mesmo perfurar as unhas dos pés (agressiva a bichinha hein?!). O veneno tem um composto que pode atacar o sistema nervoso humano e alterar o funcionamento de todos os órgãos e, quando parte de um macho, pode matar. Uma em cada seis mordidas provoca uma reação grave, mas desde que o “antiveneno” foi disponibilizado, em 1981, não houveram mortes registradas. Também não quero nem chegar perto de usar esse tal “antiveneno”.

Sydney Funnel Web

Sydney Funnel Web

8. Blue-ringed Octopus ou Polvo de Anéis Azuis (Genus Hapalochlaena)

O polvo de anéis azuis tem sangue azul, três corações e veneno suficiente para matar 26 humanos. As mesmas toxinas nervosas injetados por um anel azul são encontrados na carne de peixe fugu – uma iguaria cara amado pelos japoneses. A ingestão de fugu, que não tenha sido habilmente preparada leva a mais internações do que o contato com o polvo. O polvo de anéis azuis “só” causou três mortes conhecidas, mas não houveram mortes desde a década de 1960 e internações hospitalares são extremamente raras.

Blue Ringed Octopus

Blue Ringed Octopus

9. Coastal taipan (Oxyuranus scutellatus)

Encontrada em em um arco ao longo da costa leste do norte da Nova Gales do Sul para Brisbane e norte da Austrália Ocidental. Elas gostam de canaviais. As Taipans Costeiras estão equipadas com as mais longas presas que qualquer outra cobra australiana (13 mm), e tem o terceiro veneno mais tóxico de todas as cobras terrestres. Extremamente nervosa e alerta, elas usam de sua defesa feroz quando são surpreendidas ou encurraladas, o “congelamento” antes de arremessar o seu corpo leve para a frente é usado para infligir várias mordidas extremamente rápidas. No entanto, elas não são geralmente conflituosas e seria muito melhor escapar de qualquer ameaça. Antes da introdução de um soro especializadaoem 1956, as mordidas da Taipan eram quase sempre fatais e causaram muitas mortes humanas. O veneno afeta o sistema nervoso e o sangue, e causa náuseas, convulsões, hemorragia interna, a destruição dos músculos e dos rins. Em casos graves, a morte pode ocorrer em apenas 30 minutos.

Costeira Taipan

Costeira Taipan

10. Common death adder (Acanthopis antarticus)

Também conhecida como Death Adder South, esta é encontrada no leste da Austrália (com exceção do extremo norte e sul), no sul da Austrália do Sul e Austrália Ocidental. Essa cobra costuma atacar sua presa por emboscada permanecendo imóvel, escondida na serapilheira, areia ou cascalho, contraindo-se desde  final de sua cauda para atrair presas. Ao contrário de outras cobras que fogem de aproximar dos seres humanos, essas podem ser encontradas na vegetação rasteira. As causas mais comuns de morte são relacionadas às pessoas que estão propensas a se sentarem na vegetação e podem acabar correndo o risco de pisar nessas lindas criaturas, tornando-as mais perigosas. Elas são relutantes em morder a menos que realmente tocadas. Cerca de metade das picadas de Death Adder são fatais  antes da introdução do soro. O veneno contém um tipo de neurotoxina que provoca a perda da função motora e sensorial, incluindo a respiração, resultando em paralisia e morte.

Common Death Adder (Acanthophis antarcticus)

Common Death Adder
(Acanthophis antarcticus)

E aí? Bora conhecer esses “bichinhos” tão fofinhos em loco? #PartiuAustrália Fonte: Australian Geographic

Os animais na Austrália

Bom, como já é sabido, o dono do blog faz Medicina Veterinária, já ouvi falar que todo médico veterinário tem um pouco de biólogo e todo biólogo tem um pouco de veterinário então, dedico a nós e a você que também curte essa parada, e como todo mundo também sabe, a Austrália é o país mais diverso e mais bizarro ao mesmo tempo no que diz questão ao animais.. É praticamente impossível escrever um blog e não falar nada sobre o que espero encontrar por lá. Então resolvi fazer alguns posts sobre animais, esse primeiro vai ser bem light, o próximo no entendo será um pouco diferente, vou falar sobre os mais bizarros e perigosos animais encontrados lá. Vamos à eles então:

A fauna da Austrália é exclusiva e é uma das muitas razões pelas quais as pessoas visitam o país. A Austrália tem mais de 378 espécies de mamíferos, 828 de pássaros, 4.000 de peixes, 300 de lagartos, 140 de cobras, duas espécies de crocodilos e cerca de 50 tipos de mamíferos marinhos.

Mais de 80% de nossas plantas, mamíferos, répteis e sapos são exclusivos da Austrália e não são encontrados em nenhum outro lugar. Alguns de nossos animais mais conhecidos são o canguru, o coala, o dingo, a equidna, o ornitorrinco, o canguru wallaby e o vombate. Paraíso para qualquer estudante de veterinária e biologia!

MAMÍFEROS:

A Austrália não tem grandes predadores. O dingo, ou cão selvagem, é o maior mamífero carnívoro. Outros animais carnívoros exclusivos de nossa fauna incluem o numbat, o quoll e o demônio-da-Tasmânia, mas nenhum desses é maior que um gato doméstico de porte médio.  O bilby, um membro da família dos bandicoots, também é australiano.

MARSUPIAIS:

A Austrália tem mais de 140 espécies de marsupiais, incluindo cangurus, wallabies (pequenos cangurus), coalas e vombates. São 55 diferentes espécies nativas de cangurus. Os cangurus e wallabies têm tamanhos e pesos variados, de meio quilo a 90 quilos. A principal diferença entre eles é o tamanho. Os wallabies tendem a ser menores. Estima-se que a população de cangurus da Austrália varie entre 30 e 60 milhões. É possível encontrar facilmente cangurus em vida selvagem na maior parte das áreas rurais da Austrália. O coala é o favorito de todos, mas atenção: ele não é um urso. Os coalas podem ser avistados em toda a costa oeste temperada da Austrália. O vombate é outra criatura que você encontrará – animais robustos e escavadores que podem pesar até 36 quilos.

MONOTREMADOS (pra mim os mais exóticos)

Eles são os mamíferos que põe ovos! Isso mesmo, botam ovos! O mais conhecido é o ornitorrinco, um animal ribeirinho com bico como o de um pato, corpo peludo impermeável e patas com membranas. Os ornitorrincos vivem em tocas que cavam à beira dos rios. São muito tímidos e difíceis de serem avistados, e você terá melhores chances de encontrá-los nas áreas costeiras orientais, em pequenos riachos e rios calmos. A equidna, ou tamanduá de espinhos, é outro monotremado. Ela tem uma longa língua grudenta e uma pelagem coberta de espinhos, como as de um ouriço ou porco-espinho. Por isso, não tente pegá-la!

AVES (pra mim simplesmente as mais lindas do mundo!)

Das 828 espécies de pássaros listadas na Austrália, cerca de metade não é encontrada em nenhum outro lugar. Elas variam de pequenos beija-flores a grandes emas, que não voam e podem chegar a até dois metros de altura. Uma grande variedade de aves aquáticas, marinhas e passarinhos povoam os bosques e florestas. Exemplos incluem casuares, cisnes negros, pinguins-azuis, kookaburras, pássaros-lira e currawongs. Há 55 espécies de papagaios na Austrália, tantas quantas as cores deles, inclusive uma variedade espetacular de cacatuas, roselas, lóri, calopsitas, periquitos e budgerigars (os periquitos-australianos). Eles são vistos normalmente em áreas rurais e urbanas.

RÉPTEIS

A Austrália tem mais espécies de cobras venenosas que qualquer outro continente. Na verdade, 21 das 25 mais perigosas delas. Mas nem todas são venenosas. Também há jiboias e cobras arbóreas deslumbrantes. Também é famosa por seus crocodilos, tanto os de água doce como os de água salgada. Existem cinco espécies de tartarugas marinhas ameaçadas, que fazem ninhos e põem ovos em determinadas praias, e oito espécies de tartarugas de água doce. Também temos uma variedade impressionante de lagartos, “dragões” e guanas (lagartos-monitores), inclusive os espetaculares lagarto-de-gola e o dragão barbudo. Os diabos-espinhosos podem ser encontrados em habitats desérticos, incluindo Shark Bay, Carnarvon e Exmouth, na Austrália Ocidental. Uma variedade de répteis, incluindo os dragões barbudos, varanos e os lagartos de língua azul, pode ser vista na Austrália.

ANIMAIS MARINHOS

Os ambientes marinhos na Austrália abrigam cerca de 4.000 dos 22.000 tipos de peixes do mundo, assim como 30 das 58 espécies de algas marinhas do mundo. Ela tem o maior sistema de recife de corais, listado como Patrimônio da Humanidade – a Grande Barreira de Corais. Nela vivem tantas espécies de peixes coloridos (inclusive o belo peixe-palhaço) que você precisará de mais de uma visita para tentar contar todos. Há também cerca de 1.700 espécies diferentes de corais. Espécies marinhas maiores incluem o gentil tubarão-baleia migratório, a baleia-jubarte, as baleias orca e francas do sul, os dugongos, numerosas espécies de golfinhos e de tubarões.

Ansioso pra conhecer?

Eu também!

#PartiuAustrália!